Joy Freitas: Dicas de Organização de Mudança




Dicas de Organização de Mudança


Olá pessoal, tudo bem?

Eu sei que muita gente essa semana está festejando o Carnaval, mas eu por aqui já estou em festa só por ter conseguido concluir minha mudança com sucesso rsrsrs. Ufa!
Quem me acompanha nas redes sociais sabe que recentemente eu mudei de casa, cidade, estado rsrsrs...mudei tudo! E quem já se mudou também sabe que mudança é algo cansativo e estressante, mas eu resolvi usar minha experiência para dar algumas dicas que podem amenizar o cansaço e o estresse presentes nesse processo. São dicas simples, que com o auxílio de papéis e canetas, conseguirão facilitar sua vida.

DESAPEGUE
Faça uma lista de itens que você não pretende levar para o seu destino, afinal sempre tem aquele móvel ou utensílio que não te serve mais ou que não caberá no próximo endereço. Então, se for algo que pode ser vendido você já ganha um extra e se não puder ser vendido você pode doar e fazer uma boa ação.

LIVRE-SE DO LIXO
Sabe aquele monte de papelada que a gente vai guardando, ou aquela roupa que nem cabe mais, brinquedos velhos ou aqueles utensílios domésticos que estão quebrados há 1 ano e você nunca teve tempo de mandar consertar? Então, aproveite a mudança para se livrar de tudo isso. Evite ficar transferindo o que não te serve mais, além de poupar tempo na arrumação da mudança quando você chegar ao novo destino, ainda dá uma sensação ótima de leveza se livrar de tanto lixo.

TENHA PRIORIDADES
Apesar da mudança eminente, você ainda estará morando na sua casa atual, então existem itens que não podem ser encaixotados de primeira pois serão utilizados até o último instante na casa antiga, como por exemplo sua roupa de cama, toalhas, algumas roupas que ficará usando, utensílios de cozinha, etc, portanto comece o processo de encaixotar pelos itens que você menos utiliza e que não ficará usando até o último dia.

CRIE CATEGORIAS
Organize as caixas por categorias. Exemplos: caixas de roupas, caixas de livros, caixas de maquiagem, caixas de objetos de decoração. Nem sempre você vai encontrar caixas iguais com a mesma capacidade e tamanho, então essa dica de categoria te ajudará a separar itens mais leves para caixas com menor capacidade e vice versa.

NOMEIE POR CÔMODO
Essa é uma dica importante para o processo de desencaixotar a mudança no seu destino, pois você já colocará as caixas nos cômodos corretos quando estiver na casa nova, facilitando a arrumação. Assim você não perde tempo caçando os itens de cada cômodo.



FAÇA LISTAS
Essa dica completa a anterior: faça listas descrevendo o que contém em cada caixa.
Exemplo: Quarto de casal 01- roupas de inverno, Sala 03 - livros.
Dessa forma você vai poder abrir as caixas por prioridade, pois saberá tudo que tem dentro delas, e então você poderá escolher o que abrir primeiro de acordo com sua necessidade dos itens que tem dentro e de acordo com qual cômodo você quer arrumar primeiro. Eu por exemplo arrumei primeiro a cozinha e deixei as caixas dos quartos pro dia seguinte, e também ia abrindo as caixas do que eu precisava arrumar primeiro em cada armário.

ETIQUETE
Além das informações do cômodo ao qual pertence cada caixa e numeração, é importante escrever, destacar, enfim, colocar de alguma forma informações importantes como: "frágil" ou "este lado para cima" a fim de garantir a segurança de alguns objetos.

ORGANIZE AS PEÇAS PEQUENAS
Na hora da desmontagem dos móveis lembre-se de guardar de forma organizada a infinidade de parafusos e pequenas peças que serão necessários para remontá-los novamente, e para isso uma simples separação em saquinhos com post it indicando a cada móvel cada conjunto de peças pertence já é suficiente para mantê-los em ordem. Lembrando também de identificar em qual caixa você vai colocá-los pois com certeza será a primeira caixa que precisará ser aberta na nova casa.

FAÇA MALAS
Faça uma mala para cada membro da família com roupas e itens básicos que irão utilizar nos dias de trânsito, ou seja, no intervalo entre o dia que a mudança vai embora e o dia que você irá desmontá-la. No meu exemplo eu sai de Rio Grande dia 23/01, viajamos junto com o caminhão da mudança e na chegada fiquei alguns dias na casa da minha mãe, somente no dia 31/01 eu entrei efetivamente na minha casa, então imagine ter que abrir uma caixa cada vez que precisasse de algo? Sem chances.


PROTEJA A MUDANÇA
Além de usar muito plástico bolha, jornal e fita adesiva existem itens na sua casa que vão te ajudar a proteger itens frágeis da sua mudança como lençóis, cobertores, toalhas e panos de cozinha. Em toda caixa que eu colocava itens de vidro por exemplo eu forrava antes com uma toalha de banho para que a caixa tivesse um tipo de amortecimento e evitasse danos no carregamento do caminhão. Os lençóis e cobertores serviram para colocar por cima de vários móveis que não foram desmontados como sofá, geladeira, fogão, cadeiras, dessa forma você já economiza no plástico bolha e garante a proteção.


Então é isso, como eu disse essas dicas são baseadas na minha experiência, não sou profissional de mudança obviamente, mas posso garantir que funcionou bem comigo no final das contas pois em cinco dias eu já estava com a casa nova toda arrumada, faltando apenas colocar algumas coisas nas paredes que dependiam do marido e da furadeira. Portanto, espero que as dicas sejam úteis!

Um bjo e até o próximo post!




Comentários do Facebook
0 Comentários do Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião me interessa! Obrigada!



Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *