Joy Freitas: Dica de Viagem: Barra Grande/Maraú




Dica de Viagem: Barra Grande/Maraú


Olá pessoal, tudo bem?

Está chegando o verão e com ele a vontade de curtir várias praias e lugares paradisíacos, e quando se trata de paraíso um lugar não pode ficar fora de sua lista de desejos: a Península de Maraú.
Já faz algum tempo que estive por lá (Reveillon 2013/14), mas é um lugar ao qual sempre estou me referindo quando os amigos me perguntam sobre lugares maravilhosos na Bahia, aliás, algo nada difícil de encontrar pois lugares maravilhosos não faltam por lá, mas Maraú é a definição perfeita para o que chamamos de paraíso.

Se você procurar pelo Google encontrará vários nomes que fazem referência a região: Barra Grande, Maraú, Península de Maraú e Taipus de Fora. Esse último inclusive é o nome de uma das praias que sempre é citada no Guia 4 Rodas entre as 10 praias mais bonitas do brasil e é a mais pura verdade.

Onde fica?
Maraú fica na Costa do Dendê, no Sul da Bahia, a cerca de 200km de Salvador.

Como chegar?
De avião o aeroporto mais próximo fica em Ilhéus e de lá precisa ir via terrestre que são mais 150km.
De carro saindo de Salvador é possível ir de Ferry Boat até a Ilha de Itaparica e de lá pegar a BA-001 até a cidade de Camamu de onde você pode pegar um barco e fazer a travessia até a vila de Barra Grande ou contornar a Baía de Camamu pela estrada até chegar na BR-030 que é uma estrada de terra.
De ônibus, partindo de Salvador tem a empresa Águia Branca que leva até Camamu de onde precisa atravessar de barco até Barra Grande.

Vale ressaltar que nós fizemos o trajeto completo via terrestre e pegando a estrada de terra pois como estávamos indo acampar preferimos ir de carro até lá por conta de toda a bagagem, barraca etc. Porém a minha dica é: só vá de carro se você tiver um carro desses off-road, 4x4, etc, pois o tráfego por toda penísula com um carro comum vai te dar um trabalhinho e exigir muita habilidade de direção para não ficar atolado na areia pois não existe nenhum tipo de pavimentação em toda região e as ruas são cobertas por areia fofa.

Onde se hospedar?
Como já disse nós acampamos nessa viagem e essa é uma característica forte da região, existem muitos campings com estrutura básica de banheiro, segurança, energia. Se você assim como nós, for iniciante nessa modalidade de acampar, não vai passar sufoco, além de poder desfrutar de paisagens bélissimas podendo acordar e sair da barraca já com o pé na areia.
Não tenho indicação para fazer de hotel mas pude ver que existe hospedagem para todos os gostos, desde as mais simples até resorts muito chics onde muitos globais se hospedam.

O que fazer?

Passeio pelas 5 ilhas

Quando você chega na vila de Barra Grande facilmente encontra vários vendedores de agências oferecendo passeios pela península. Um deles é o passeio de escuna para conhecer as 5 ilhas, que são as ilhas que se localizam na parte interna da Baía de Camamu, entre a ponta da penísula e o continente. Não deixe de fazer, é maravilhoso. Um dos pontos altos é a parada para banho e visita a Ilha da Pedra Furada, onde reza a lenda que o casal que passar pela pedra furada nunca mais vai se separar...é claro que nós fizemos isso né?
O passeio dura um dia inteiro e há paradas em restaurantes de outras ilhas para refeição, além de venda de lanches e bebidas na embarcação.


Mergulho nas piscinas naturais de Taipus de Fora
Essa é a praia mais famosa e sua fama se justifica. Água morna, cristalina e calma com a chance de você mergulhar e ver vários peixinhos rodeando seus pés.
É possível alugar na praia mesmo o colete e máscara para mergulho superficial, ou até mesmo equipamento profissional para mergulhos mais profundos. Eu só fiz o mergulho superficial.
É preciso se informar sobre os horários da maré, pois as piscinas naturais ficam visíveis e possibilitam o mergulho quando a maré está baixa. Reserve um dia inteiro para aproveitar essa praia, assim você aproveita desde a maré baixa até a maré encher.
Mergulho com a maré baixa em Taipus (Foto: Guia QV)





Mergulho noturno

Esse já é um passeio mais radical, só para os fortes...mas parece muito legal. Meu esposo fez e disse que é maravilhoso e ao mesmo tempo super estranho conhecer as criatura marinhas a noite, mas que dá uma sensação um pouco aterrorizante o silêncio e a escuridão do mar a noite. Infelizmente tivemos problema com um das GoPro no dia e perdemos as imagens desse mergulho. Vou ficar devendo!

Vila de Barra Grande
Na vila é possível comprar artesanato, assistir apresentações musicais e desfrutar de várias comidinhas. A vila é bem rústica e bucólica e isso dá todo charme.


Onde comer?
O forte da península obviamente são comidas a base de frutos do mar, mas para quem não gosta é possível encontrar pizzarias, lanchonetes, comida italiana..enfim, uma variedade de outros sabores. A maioria dos restaurantes e bares se localizam na vila de Barra Grande que é o point noturno da península.
Durante o dia também tem muitos lugares legais e o forte mesmo são os bares e restaurantes a beira mar com sombra e uma vista maravilhosa de toda ponta do Mutá.
Na Ponta do Mutá, inclusive você pode comer lagosta por um preço bem mais amigável, porém precisa chegar cedo. Nós estávamos lá num período de alta estação e quando chegamos para almoçar já não tinha mais lagosta.

Em uma das noites nós jantamos no restaurante A Tapera que além da comida deliciosa tem uma ambiente extremamente charmoso.


Em Taipus de Fora:  Existem duas grandes barracas que na verdade são restaurantes na beira da praia que oferecem ótima estrutura para os clientes que ficarem nelas. Nós ficamos no Bar das Meninas e o lugar é extremamente aconchegante, com cadeiras para tomar sol, banheiro limpo e organizado, e até uma tenda com massagista para quem quiser pagar pelo serviço, além de comida deliciosa.

Dica 1: Para quem já foi em Morro de São Paulo e Porto Seguro, pode perceber que o local tem algumas semelhanças em relação a rusticidade e charme. Entretanto tem uma estrutura de turismo um pouco mais tímida e por isso mesmo é considerado um refúgio de simplicidade e paz, por ser um lugar um pouco menos explorado comercialmente.
Dica 2: Pode ser vantagem para uns ou desvantagens para outros mas o sinal de celular é muito difícil por lá, geralmente só pega bem na vila de Barra Grande. O 3G só com muita sorte, daí se você não consegue se desligar mesmo do mundo virtual só caçando uma hospedagem ou restaurante onde tenha wi-fi, mas se você sonha com um paraíso onde pode realmente descansar do resto do mundo, esse é o lugar.

Maraú é considerada a Polinésia brasileira, por conta de sua imensa beleza, do povoado simples e águas exageradamente transparentes, por isso se você tiver uma oportunidade de conhecê-la, agarre com unhas e dentes pois não irá se arrepender.





Um bjo e até o próximo post!

P.S.: Não sou profissional de turismo. Todas as dicas são baseadas em minhas experiências pessoais. Garanto que nesse post não tem nem metade das possibilidades de coisas legais que podem ser feitas por lá. Se você precisar de mais informações não deixe de visitar sites especializados no assunto. Vou deixar aqui alguns que me ajudaram na escolha dessa viagem: Férias Brasil e Barra Grande

Comentários do Facebook
0 Comentários do Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião me interessa! Obrigada!



Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *