Joy Freitas: por Anna Castelo




por Anna Castelo

via facebook de Anna Castelo


[A contratação de artistas para a Micareta de Feira de Santana, por parte da prefeitura, foi alvo de críticas de vereadores da oposição. Os parlamentares criticam os valores pagos aos músicos locais e a contratação da cantora Camila Faustino, de Goiás, que terá cachê de R$ 20 mil.
"Não há uma equipe que avalie o desempenho do artista. O vereador que tem força política indica as bandas de Feira. Omenor valor pago para artistas de fora é de R$ 12 mil. Mas nenhum artista de Feira está ganhando isso", disse Marialvo Barreto (PT), em sessão da Câmara Municipal. A maioria dos músicos feirenses receberá R$ 8 mil.
Já o vereador Frei Cal (PMDB) estranhou a contratação da cantora Camila Faustino, que tem como principal repertório músicas de MPB. Queremos descobrir quais foram os critérios e de quem foi a iniciativa. A prefeitura deveria explicar o interesse em trazer uma cantora que não é conhecida no circuito da música baiana”.] Trecho extraído do site http://deolhonacidade.net/index.php

É a coisa mais vergonhosa que já vi em toda minha vida, eu como artista da terra fico triste ao ver como somos pequenos na visão da grande maioria dos que se acham "poderosos".

Trabalhamos muito, damos sangue pela nossa terra e muitas vezes temos orgulho de dizer: SOMOS FEIRENSES...E temos que continuar dizendo porque ser Feirense é orgulho, só não temos culpa de termos pessoas tão mal preparadas para nos apoiar... E só somos reconhecidos quando infelizmente ou felizmente ganhamos espaço em outro lugar que não o nosso.


Comentários do facebook
2 Comentários do Blogger

2 comentários:

  1. Só uma questão de desabafo!!!!Até quando???Acredito ser uma pergunta sem respostas...uma verdadeira vergonha e falta de respeito aos artistas da terra,mais talvez se houvesse organização entre eles isso não aconteceria...todo mundo fala mais ninguém age de verdade.

    ResponderExcluir
  2. Essa é a palavra ORGANIZAÇÂO, tanto dos que ficam a frente da festa como dos artistas que em sua maioria se submetem a tocar a qualquer preço, em busca de uma visibilidade que não ocorre, pois muitos são programados para sair em horários ruins e também pq o interesse da imprensa de fora é quase nenhuma. No final das contas descobrem que abriram mão de um cachê justo por uma divulgação do trabalho que acaba não sendo grande coisa, nem trazendo muitos frutos.

    ResponderExcluir

Sua opinião me interessa! Obrigada!



Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *